A recepção de Ortega y Gasset através de contingências políticas. Um estudo historiográfico da história intelectual espanhola

Palavras-chave: Historiografia do século XX, História política, História Intelectual

Resumo

O presente artigo tem como objetivo analisar um caso particular da historiografia espanhola: como os escritos, discursos e atividades públicas de um dos maiores intelectuais do país, o filósofo José Ortega y Gasset, foram percebidos, discutidos e estudados por historiadores e estudiosos espanhóis do início do exílio desse pensador em diante. O objetivo é exclusivamente exibir, através de um caso único, mas muito significativo, a forte interdependência entre a atividade historiográfica e o ambiente sociopolítico, entre as interpretações historiográficas e os credos políticos, tanto no decorrer como por causa da longa e difundida influência da ditadura de Franco na Espanha.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-12-22
Como Citar
SCOTTON, P. A recepção de Ortega y Gasset através de contingências políticas. Um estudo historiográfico da história intelectual espanhola. História da Historiografia: International Journal of Theory and History of Historiography, v. 12, n. 31, p. 177-208, 22 dez. 2019.
Seção
Artigo